domingo, 30 de agosto de 2009

Mixed Feelings



Ando confusa, triste e sem saber o que fazer...

Falta-me algo na minha vida....

Já fui tão feliz e nem sequer sabia....

Sinto a minha vida a evoluir em tantos campos que isso me deixa confusa... E isso tudo porque sou mais teimosa que mula teimosa!!!!

Sabem quando "embicamos" com uma coisa e batemos o pé e queremos ir contra tudo e contra todos só pra realizarmos o nosso desejo? mesmo que esse desejo no fundo não seja o melhor pra nos? mesmo que apesar de teimosas idiotas que somos também sabemos que só nos vai magoar e deixar ainda mais tristes se não conseguirmos?

Nunca fui menina de desistir e sempre lutei pelo que queria... Mas sabem há dias que me apetecer baixar os braços e desistir... há dias em que me apetece fugir pra longe... sem rumo e sem dar noticias..... hoje sinto-me assim...

Sinto a tua falta desmesuradamente... por mais que tente ocultar e esquecer, por mais que me envolva com pessoas numa tentativa desesperada de "Pêlo de cão só se cura com pêlo de outro cão"... nada funciona...

Acho que nada mais me basta do que baixar a guarda e esperar placidamente pelo que o destino me reserva... faças tu parte dele ou não....


[Digam-me o que acham, digam-me o que faça porque acho que não demoro a ir visitar os corredores do Magalhães Lemos....]

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Orações da Mulher


"Meu Deus:
Que os nossos homens nunca morram viúvos...
Abençoe os homens bonitos, e os feios se tiver tempo…

Eu vos peço sabedoria para entender um homem, amor para perdoá-lo e paciência pelos seus actos, porque Deus, se eu pedir força, eu bato nele até matá-lo.

Um brinde… Aos que temos, aos que tivemos e aos que teremos. Um brinde também aos namorados que nos conquistaram, aos trouxas que nos perderam e os sortudos que ainda vão nos conhecer! Que sempre sobre, que nunca nos falte, e que a gente dê conta de todos!

Amém."
[Uma excelente oração que todas nós mulheres deveriamos rezar.
Eu vou já começar hoje, boa?!?]

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Cala-te boca, cega-te coração...


Há coisas que por mais que se queira não podemos dizer, quer seja para não ferir alguém ou até mesmo para não nos ferirmos a nós mesmos...
Dou por mim a medir palavras, a trincar a língua, a suprimir ideias e desejos... Tudo por medo, por estupidez talvez...
Tão forte para umas coisas e tão fraca e "patareca" para outras...
Se calhar se eu dissesse tudo de uma vez e arriscasse a sorte esta me sorrisse...
Assim talvez não sentisse o coração pequenininho cada vez que te vejo....
[Qualquer dia eu aprendo 'tá?!?!]

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Porque sempre serei...


Dizem que nunca devemos deixar morrer a criança que há dentro de cada um de nós...
Pois bem, eu só não sigo religiosamente esse conselho como me atrevo a dizer que tenho um infantário completo dentro de mim!
Não há nada melhor do que ser criança... sem problemas, sem preocupações, sem responsabilidade...
Tenho saudades desses tempos em que:
  • Andava de bicicleta o dia todo (sem protecções exageradas, se caísse fazia feridas e levantava-me de seguida sem choraminguices);
  • Dava valentes tombos de patins;
  • Lia os livros da Anita e ficava completamente extasiada;
  • Fazia bolos de lama;
  • Fazia casas imaginárias debaixo da mesa do salão;
  • Passava a tarde inteira a fazer puzzles (sim de onde acham que vem este nome?!);
  • Me aninhava no colo da minha avó a fingir que dormia só pra receber miminhos;
  • Brincava ao esconde-esconde, bate o pé, o anelzinho, mamã dá liçenca, ao mata, latinha 31....
  • Subia às árvores só pra depois me aperceber de que não fazia a mínima ideia de como se descia dali...
  • Fazia cartas ao Pai-Natal.....

Tenho tantas saudades disto, de não ter preocupações, de andar sempre de sorriso no rosto e ser livre como só uma criança se pode sentir...

Por isso é que de vez em quando vou buscar a "Nini" (nada de gozos, isto é o meu nome de infância dentro da minha família) ao armário e volto a fazer traquinices, a sorrir com a boca toda lambuzada de massa de bolo, a sonhar acordada e a acordar de manhãzinha com 2 estrelas em lugar dos olhos...

E SABE-ME TÃOOOO BEM....

[xiiiiu, não digam a ninguém mas hoje acordei assim....]

terça-feira, 18 de agosto de 2009

Será?


Será que vou conseguir ultrapassar este sentimento meu pequeno corvo?
Penso que não...
Mas temo que sim...
Tenho medo de te esquecer, medo de deixar de sentir pequenas borboletas a esvoaçar na minha barriga...
Apesar de saber que só me iria fazer bem...
Meu pequeno corvo, foste feito pra voar e não pra estar enjaulado... Voa e quando quiseres volta... A janela estará sempre entreaberta pra que possas entrar...
[mesmo que lá no fundo não mereças....]

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Novelas Mexicanas


Já alguma vez sentiram que a vossa vida, sem que vocês queiram ou sonhem como, se transforma numa novela mexicana?!?! Mas daquelas bem bem pirosas.... Daquelas dobradas em brasileiro em que a voz brasileira acaba mas a boca dos actores continua em movimentos pelo menos mais 5 segundos... Em que a mocinha inocente descobre que o homem que ama é seu irmão mas que uma operação antes era irmã... Esse tipo de novela em que tudo acontece do mais improvável ao mais estúpido possível....

Pois eu neste momento sinto-me numa dessas novelas (atenção, não sou a mocinha e espero não ter tal destino eheheh...)

A minha vida para além de ser um puzzle é também uma novela mexicana... F-E-N-O-M-E-N-A-L!!!!

Estou extremamente extasiada com tanta estupidez que passa à minha volta e à volta de todos os meus amigos... são amores, desamores, traições, boatos, cusquices, discussões, arrogâncias, mal-entendidos....

STOP!!!!!!

Por favor alguém me tire desta novela entes que eu mude o meu nome para Paloma Conçeición e me apaixone por algum Marco António.....

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Avecs Grrrrr


Quantos de vocês estão fartos de ouvir: ah oui bah la adidon oh puff????

Sinceramente eles cada vez que regressam veem cada vez mais cheios de tiques e manias de grandezas que só me dão vontade de cortar os pulsos com um corta-unhas...ah e mergulhar-me numa banheira de àgua quente só para ser um bocadinho mais rápido (e mais limpinho)...

Se não gostam do nosso Portugal e lá na França é que é bom e grande, que veem cá fazer?!?! Que fiquem lá...que lá as "retretes" são melhores... os "mosticus" não fazem "picurres" nem deixam "botões"... não pedem pra "prender" as coisas.... as "peças" são mais bonitas... há mais "praças" paras as vossas "vuaturres" de plaquinhas amarelas.... as "autoroutes" são maiores e com "panôs" mais legíveis... e outras pérolas que estes "françugueses" gostam de falar com a peitaça cheia de ar e os ouros todos à mostra...

Ah e mais uma coisa, tentem compreender que Portugal importa produtos de França e que obviamente cá são mais caros do que lá.... e isto tudo porquê? Por esta cena caricata à qual não resisti responder...

Françuguês: Menina quanto valem os filtos da Brita?

Dany =^.^=: Custam x.xx€!

Françuguês: Ah bon, c'est trés caro... Lá na França são muito mais baratos.

Dany =^.^=: Pois... Eles são feitos lá é normal...

Françuguês: É caro

Dany =^.^=: Pois... Mas sabe, tente comprar um Galo de Barcelos em Paris e depois diga-me quanto custou..... (não resisti...)


"Meu querido mês de Agosto" quando te acabas e levas esta cambada embora?!?