segunda-feira, 30 de agosto de 2010

True #6

Nenhum muro é indestrutível....

Eu menina avariadinha dos miolos me confesso...

Sim sim, o Verão está a terminar e com este fim chegam novamente as ideias estranhas e os pensamentos mais estúpidos que se possam lembrar...
Porque se até agora a menina andava aqui toda "cheia de feliz e cheia de contente" agora parece que anda meia avariadinha dos miolos....
Ando a ter sonhos estranhos, pesadelos ainda mais estranhos...
O meu humor oscila de esfuziante ao mais negro que possam imaginar...
Oh God, alguém tem o numero do Magalhães Lemos??'
Cheira-me que preciso de uma sessão se Spa no dito local...

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Questão pertinente...

Durante quanto tempo se consegue separar as "águas"?!?!?!?

Não sei, mas cheira-me que vou descobrir em breve...

terça-feira, 24 de agosto de 2010

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Estado de estranheza....


Eu já andava a estranhar que o meu querido e delicado cérebro não me resolvesse pregar uma partida....
É que isto de ir até à praia sozinha, sentar-me a olhar para o mar faz o Tico e Teco trabalhar e depois a menina que se aguente....
Hoje sinto-me estranhamente vazia.... como se me faltasse algo, e o mais estúpido é não saber exactamente o quê... Porque se soubesse estava tudo bem....ou se comprava, ou se lutava.... fosse o que fosse iria ser meu e viria ao meu encontro.... agora, estar assim perdidinha sem saber o que me faz falta é que não tem jeito nenhum...
A minha vida anda uma roda vida, mas ao mesmo tempo sinto-me estranhamente só e um bocadinho a dar para o perdida... É aquele sentimento ridículo de me sentir só no meio da multidão... Mas sinto-me mesmo assim... Estou rodeada de amigos, de pessoas que me fazem sentir bem, de pessoas especiais, de pessoas que até gostavam de me fazer feliz, mas mesmo assim sinto-me estranhamente sozinha... é estúpido eu sei... mas enfim, há gente maluca e pelos vistos eu sou uma delas...
Pode ser que uma soneca na praia me resolva o assunto... =)

domingo, 15 de agosto de 2010

Vanessa da Mata, Azeites e afins....


E pronto, a menina lá foi a um festival de Verão...
Foi uma maravilha, mas apenas o concerto da Vanessa...
Afinal não é só no recôndito lugarejo transmontano que existem azeiteiros.... Ontem acho que escorreguei no azeite como se não houvesse amanhã em plena Pacha...Aqui eram tirantes de ouro ao pescoço, eram meninas vestidas como de fossem dançar no varão, eram casais a comerem-se como se não houvesse amanhã e com ar de quem precisavam de um quarto ou até mesmo de um banco traseiro de um carro qualquer.... Mas o ponto apoteótico da noite foi mesmo quando um desses seres azeiteiros tomou a liberdade de me pregar um apalpão no rabo...mas aquilo não foi uma festinha inocente, não não.... aquilo foi um bruto de um apalpão que eu até vi estrelas.... virei-me para trás com faíscas a saírem pelos olhos e o moço ainda teve a lata de me mandar um sorriso à engatatão da zona... Fiquei tão possuída que lhe perguntei: "Ouve lá isso é tudo vontade de ir parar ao hospital??"
E a noite terminou comigo a tremer como se fosse noite de Dezembro, carregada de febre....
Que final feliz....Depois de 2 Nimeds em cima, já estou melhor....
E agora, vou à praia para tirar esta cor de lula....
trudiluuuuu
=)

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Thank God it's Friday...


É Sexta-Feira e daqui a 7 horas entro oficialmente de férias... oh yeahhh
Mas eu prometo vir aqui encaixar umas peças sempre que me lembre e tenha tempo...
Quero praia, quero sol, quero sentir o cabelo a colar-se a cara cheia de sal e quero comer uma bola de berlim sem me preocupar com as calorias...
Quero Vanessa da Mata, quero Patrice, quero Pacha...
Quero estar com o meu pessoal da faculdade e estar com o meu "mano" "checo"...
Quero noites de esplanada no Seca a cheirar a maresia...
Quero dormir, ler e descansar...

Afinal de contas, "se tu queres, tu tens"...
=)

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Aqui está a explicação....



Segundo o horóscopo egípcio sou:
Deusa Bastet
Representa o poder benéfico dos raios do sol; é uma das esposas de Rá, a divindade dos gatos selvagens, com muita agilidade e vigor.
As pessoas que nasceram sob sua protecção são bondosas, humanitárias, leais e muito cordiais e gostam de trabalhar em favor dos mais fracos. 
São independentes como os gatos, gostam de carinho mas mantêm-se muito distantes, são geralmente alegres e divertidos, gostam de brincar e têm aptidão para a carreira artística. 
Devem controlar a rebeldia
Daí este meu amor desmesurado por gatos, este meu feitiozinho típico dos felinos de "aqui manda sou eu"...
Agora está explicado e se alguém não entendia este meu ar de louca agora já pode perceber...
Quanto à rebeldia, já esteve pior, mas não deixo de sentir o sangue ferver de vez em quando... 

Por isso ou te portas bem ou levas uma patada e umas arranhadelas no nariz.... =)

Miau...

terça-feira, 10 de agosto de 2010

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Cordeira com pele de Loba

"És mais cordeira..."
Oh cum camandro ou dois....
Afinal "havia outra" dentro de mim e eu não sabia...
Não deixo de ficar espantada...
Por isso desenganem-se se acham que sou uma predadora porque afinal não passo de uma presa...
Oh pá e eu que andei tão enganadinha este tempo todo... LOOOOOOOOOOOL
A questão aqui passa por parecer loba feroz e depois transformar-me em cordeira...desde que seja bem temperada acho que tudo bem...a dose boa de pimenta nunca fez mal a ninguém, dá saúde e faz crescer (eu sei que isso é dormir cedo e mimimimimim, mas a mim apetece-me emprega-la aqui...)

Baby steps...


Depois de grandes quedas é importante ir começando a levantar aos poucos.... construir novos caminhos aos poucos e poucos... sem pressas e sem impulsos... Sempre que tentei ir por este caminho voltei a cair e sempre a magoar-me mais do que já estava... chama-se teimosia misturada com burrice (às vezes acho que os meus neurónios se passam um bocadinho... )
E foi assim que cheguei a este ponto de tranquilidade e finalmente posso abrir portas sem medos...e deixar que a vida me traga o que de bom tem...Com passos de bebé...
Esses passos de quem se põe de pé e não tem medo de por um pé à frente do outro, mesmo a cambalear e muitas vezes a cair de rabiosque no chão... Passos pequeninos, de quem tem tanto para descobrir e está cheio de vontade de abraçar o mundo com braços e pernas...

sábado, 7 de agosto de 2010

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Doutrina de vida



Eu sou o centro do meu mundo

Não deixo que ninguém pense por mim, decida por mim, sinta por mim. 
A vida é minha, demasiado valiosa para os minutos que perco a pensar nas opiniões dos outros. 
Se o que sinto é o que quero, não há nada mais importante que possa fazer.


Thanks Miss G.

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Delírio

Dá o seu gosto de desejo
Dá os seus olhos de menino
Sem regra ou comprometimento
Sem se importar com que for vendo
Nossa sede de liberdade
Eu quero é dançar da forma que me der
A música expondo o seu corpo à vontade
Nas incontáveis formas de se divertir
Dá o seu gosto de desejo
Dá o seu beijo despojado
Seus pensamentos mais intensos
O seu rosto de pecado
Nos gemidos que desordenam
Nas mãos que me fazem entender Adão
A música expondo seu corpo ao delírio
Nas incontáveis formas de se divertir
Vanessa da Mata
Ando aqui toda comichosa, desejosa que chegue dia 14 e possa ouvir e ver esta diva da música brasileira....Quero sambar, dançar muito muito muito....
Esta é daquelas músicas que me transporta para um mundo paralelo e me dá vontade de dançar como se ninguém me estivesse a ver...E que também fala um pouco do que se vai passando na minha vida neste momento.... A vontade louca de me divertir sem me prender, sem me importar com o que vou vendo nas incontáveis formas de desejo e diversão....
Férias, cheira-me que preciso delas.... Cheira-me...

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Atreve-te

Atreve-te a arriscar...
Atreve-te a ir em frente...
Atreve-te em ir mais longe... mais longe que o sonho, mais longe que o pensamento...
Atreve-te a ter força...
Atreve-te a lutar...
Atreve-te a ter fé...

Atreve-te...

Um dia serei recompensada....

terça-feira, 3 de agosto de 2010


Pegando na frase de ontem
Eu e o meu feitiozinho somos feitos da mesma matéria que são feitos os sonhos....
Dizem que sonhar não paga imposto e que ainda é o que nos resta que é gratuito e se adequa a todas as idades, raças e géneros...
Sim, sonhar é bom.... Sonhar faz bem... Sonhar tele-transporta-nos para o mundo da fantasia, para o nosso faz-de-conta pessoal onde nos permitimos ser o que muito bem nos apetecer... Às vezes sou princesa, bruxa, fada... Tudo depende do tal feitiozinho....
Mas nunca devemos é apenas sonhar... Devemos lutar para que os sonhos se tornem realidade....
Sempre fui guerreira e este é o momento de passar do sonho à realidade....

Wishing upon a star....

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Receita de Daniela



Eu e o meu rico feitiozinho somos o resultado "fantabulástico" de:

Uma excelente educação provida pelos meus adorados progenitores (muito amor, sacrifícios, vozes de espanto, sapatadas nas mãos, bofetadas e sermões);

Lições de vida dadas pela minha avó;

Muitos pontapés dados por quem menos esperávamos;

Amor puro dado por pessoas que ficarão para sempre na minha memória;

Amigos fantásticos;

Inimigos ainda mais fabulosos;

Noitadas bem passadas;

Noitadas a chorar;

Vodkas, Martinis e Baileys;

Gargalhadas e bons momentos passados em família, que digamos a verdade, têm o seu quê de loucura;

Conselhos de pessoas que passaram na minha vida à velocidade da luz mas fizeram imenso sentido;

Bater no fundo do poço e bater com os pés para voltar à tona, com ou sem ajuda;

Tarde inteiras a devorar livros que falavam de tudo um pouco;

De pessoas que me deram a mão quando mais precisava;

De pessoas que me atiraram para a falésia e me deixaram à mercê dos lobos;

De pessoas que tiveram a coragem e o discernimento de dizer "Eu antes não gostava de ti"



E acima de tudo eu e o meu feitiozinho somos feitos da mesma matéria que são feitos os sonhos...




Sensatez...

"Nunca voltes ao lugar
Onde já foste feliz
Por muito que o coração diga
Não faças o que ele diz

Nunca mais voltes à casa
Onde ardeste de paixão
Só encontrarás erva rasa
Por entre as lajes do chão

Nada do que por lá vires
Será como no passado
Não queiras reacender
Um lume já apagado

São as regras da sensatez
Vais sair a dizer que desta é de vez

Por grande a tentação
Que te crie a saudade
Não mates a recordação
Que lembra a felicidade

Nunca voltes ao lugar
Onde o arco-íris se pôs
Só encontrarás a cinza
Que dá na garganta nós

São as regras da sensatez
Vais sair a dizer que desta é de vez"



Regras da Sensatez de Rui Veloso


E pela primeira vez na minha vida sinto-me a pessoa mais sensata do mundo....
Sem dúvida, sem sombra de dúvida que há sítios pelos quais não passo...não por não querer mas simplesmente porque enveredei por outros caminhos, por outros destinos, por outras ruas e vielas.... 
O segredo é criar novos sítios, expandir horizontes e principalmente guardar apenas o que de bom resta... Conhecer novas pessoas, deixar-me levar na crista da onda sem medos, sem falsas intenções...
Viver cada dia como se fosse o último, vivendo ao máximo expoente a velhinha frase "Vive aqui e agora, amanhã logo se vê..."
Aprendi a não esperar nada das pessoas.... aprendi a não deixar que me prendam e a não me prender a ninguém... 
E agora sim, sou livre mas com toda a sensatez...
=)